domingo, 25 de março de 2012

Som da vida

‎O coração, assim como os tambores, bate forte quando alguém o toca...

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Feliz como um pássaro, em seu primeiro voo de liberdade.



domingo, 11 de dezembro de 2011

Vivendo


É hora de sair
Seguir os doces rastros
De uma infância em silêncio

Correr através do arco-íris
Como se devesse asas ao vento

Ao pôr-do-sol
Contemplar o calor de seus braços
E entrelaçar nossos sentimentos.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ate para desistir é preciso coragem.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Plantando palavras, cultivo rimas, colho poemas.

Da ausencia á saudade, restam as lembranças
Do aperto no coração, as esperanças.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Jorge

Como se todo seu sangue fosse aspirado, um corpo seco
Murcho.
Como a uva, quando passa.
Como o solo do sertão.


Chora Jorge, o cupido traiçoeiro
Lhe furou o coraçao.